Este blog contém alguns poemas publicados na Agenda da Semana do site Cultura Pará.
www.culturapara.art.br

22 de fev de 2010

Primeiro de Maio


“Ao contrário dos anos anteriores, este
ano teremos um primeiro de maio tranqüilo
e sem agitações, já que os subversivos de
nossa pacata cidade, entre eles Ruy Barata,
Raimundo Jinkings, Benedicto Monteiro,
João Luiz Araújo, Humberto Lepes,
Jocelyn Brasil, Sandoval Barbosa e Sá Pereira,
estão presos ou foragidos".
(Dos jornais)


Surja esse verso de maio,
trazido pelos arcanos,
um verso que faça maio,
o maio dos desenganos,
e fel transforme em doçura,
e rendilhando de ternura.
os meus fracassos humanos.

Um verso que me decifre,
nas horas de ansiedade,
que não sendo antologia,
seja a minha humanidade,
levando por onde for,
os meus suspiros de amor
e gritos de liberdade.

Um verso assim como esse:
"Proletários de todo o mundo, (uni-vos").

(Quartel da Companhia de Guardas
da Policia Militar do Estado do Pará, 1º de maio de 1964).



Ruy Barata,

Nenhum comentário:

Postar um comentário